Máscaras faciais - Quais são seus reais efeitos.

20/12/2017
Máscaras faciais - Quais são seus reais efeitos.

Com o surgimento no mercado de novas máscaras faciais para venda , tenho recebido diversas perguntas sobre seus reais efeitos. Alguns acreditam ser uma novidade e aqueles que já estão habituados com a limpeza de pele procuram saber o que surgiu de diferente nas máscaras atuais.

No consultório médico elas já são utilizadas após a limpeza de pele para ajudar na esfoliação, nas extrações de cravos e em massagens durante os procedimentos.

Apesar da alta aplicação em consultórios, a febre atual é fazer uso das máscaras em casa. Nesse sentido, encontramos diferentes marcas com variadas propostas de uso. Por exemplo, se você estiver com o rosto seco ou desidratado, a máscara facial deve ter a função de hidratar sua pele; caso ela esteja vermelha ou inflamada, a máscara deve servir para acalmar a região e se sua pele é oleosa e congestionada, o produto pode ajudar a extrair impurezas da pele.

Com o crescente uso caseiro, alguns cuidados especiais devem ser tomados. As máscaras faciais devem ser aplicadas com a pele limpa e permanecer por 10-15 minutos no rosto. Depois, retire com água corrente ou com um tônico facial. Não esqueça de usar protetor solar durante o dia.

O resultado é a sensação de pele mais macia e com uma aparência mais homogênea, mas esta percepção dura apenas por alguns dias, já que a máscara não deve ser utilizada como um tratamento da pele. Sua indicação destina-se para melhora imediata, sem compromisso com a durabilidade da melhora. Para resultados com efeitos duradouros e extremamente efetivos, procure um dermatologista.

Voltar para Blog