COMO ESCOLHER O FILTRO CERTO

17/01/2018
COMO ESCOLHER O FILTRO CERTO

Os filtros solares são produtos aplicados sobre a pele compostos por substâncias que interferem na radiação solar e permitem diminuir os efeitos nocivos do sol sobre a mesma. Fiz esse artigo para explicar alguns dos importantes itens que devem ser levados em conta durante a escolha de um filtro solar:

1) Opte por filtros com especificações na embalagem de amplo espectro. Normalmente estes filtros são capazes de absorver os raios ultravioletas A e B.

2) Observe se a sua exposição à luz visível é muito intensa ao longo do dia, sugiro uso de filtros com cor. O pigmento, responsável pela cor, atua como mecanismo de reflexão.

3) Existe uma série de fotoprotetores veiculados em diferentes formas farmacêuticas para atender ao seu tipo de pele e a sua necessidade de acordo com seus hábitos de vida. Aqui falamos sobre os tipos e suas vantagens e desvantagens:

Spray ou Aerossol: Geralmente são os preferidos para pessoas que não querem perder tempo no seu dia a dia por conta da facilidade em se aplicar e se espalhar na pele. Porém, costumam deixar a pele um pouco oleosa e a quantidade aplicada e sua distribuição de forma regular sobre a pele são parâmetros questionados.

Gel: Este pode ser aquoso (quando a fase líquida é água) ou hidroalcoólico (fase líquida é álcool). E a fase sólida é representada por agentes gelificantes. Possuem uma aparência agradável, de fácil aplicação e remoção. Ideal para peles oleosas e acneicas. Entretanto, o gel aquoso não possui resistência a água, saindo facilmente com o suor e necessita de reaplicações em intervalos menores que os demais produtos. Por ter menos gordura que os demais filtros, muitas vezes é o preferido entre os homens.

Emulsões: Possuem 2 fases - a oleosa e a aquosa. Por conta da sua estabilidade, é possível de misturar substâncias lipo e hidrossolúveis. É muito agradável e se tornou a forma farmacêutica mais prescrita. Possui protocolo de aplicação com a dose correspondente por área (ideal a 2 mg/cm2). De acordo com a formulação (óleo em água ou água em óleo) podem deixar a pele mais ou menos oleosa e com brilho.

Gel creme: Consistem na incorporação de agente gelificante a uma emulsão. Muito usado no nosso país, são agradáveis ao toque e úteis para pacientes com pele oleosa porque permitem a incorporação de controles de oleosidade.

Bastões: Compostos por ceras e óleos são indicados para uso em lábios, dorso nasal ou olheiras.

Pós e Bases: São cosméticos destinados para maquiagens que uniformizam a textura do rosto. As compactas são menos eficientes que as mais fluidas e não devem ser utilizadas como veículo exclusivo de fotoproteção por não serem muito eficazes.

4) Opte por filtros com Fator de Proteção Solar (que mede a proteção contra o Ultravioleta B) acima de 30 e o PPD acima de 12 (que mede a proteção contra o Ultravioleta A).

5) Filtros resistentes à água são capazes de manter sua eficácia mesmo após 20 minutos de imersão em água. São mais eficientes que a maioria.

Fonte: An Bras Dermatol 2014; 89 (6 Supl 1): S6-75.

Voltar para Blog