CUIDADOS COM A PELE DO BEBÊ

07/02/2018
CUIDADOS COM A PELE DO BEBÊ

A pele do bebê é muito diferente da pele dos adultos. É mais fina, possui menos pelos e as glândulas e células que produzem suor e coloração têm uma atividade muito baixa.

Por esses fatores ela é mais sensível à luz do sol, necessitando de cuidados constantes. A pele do bebê também encontra dificuldades em manter temperatura corporal, como é muito fina e sensível, não se adapta bem com frio e calor, já que sua camada de gordura localizada sob a pele não faz um isolamento térmico suficiente. No frio, o ideal é agasalhar bem o bebê e no calor é importante evitar o sol e ficar atento ao sinal de brotoejas (irritação na pele devido a obstrução do suor).

Outra preocupação é com o uso de produtos inadequados diretamente na pele. Eles podem gerar feridas, irritação e bolhas.

São muitas preocupações com a pele dos pequenos, não é mesmo? Elaborei dicas para situações corriqueiras, veja:

Na hora do banho

Dê banho com água morna ou fria, não quente.

A duração do banho deve ser de, no máximo, 10 minutos.

Use produtos neutros, específicos para bebês.

Evite dar mais de um banho por dia. Se possível, use sabonete neutro em apenas um deles e em pouca quantidade.

Roupas

Na fralda, evite remover completamente a pomada protetora, pois o movimento para remoção feito de forma excessiva aumenta microlesões cutâneas causando “assadura”.

Use roupas de acordo com a temperatura do dia. Evite “superagasalhar” o bebê, para não elevar sua temperatura e causando suor excessivo.

Prefira roupas de algodão, evitando tecidos sintéticos e metais (esses tipos de tecidos podem causar alergia e irritação).

Nos primeiros meses, evite o uso de amaciantes durante as lavagens de roupa. Opte apenas pelo sabão neutro. O amaciante pode causar irritações na pele.

Passeios

Nos passeios, coloque chapéus, use guarda-sóis e roupas adequadas.

Existem diversos bloqueadores solares minerais, que são os mais indicados para crianças. Mas lembre-se, só aplique a partir dos seis meses de idade.

Proteção

Lave as mãos para pegar no recém-nascido. Se chegar uma visita, peça para o visitante lavar as mãos com água e sabão ou álcool em gel.

Sempre que algum objeto do bebê cair no chão, como chupeta ou mamadeira, o mais indicado é higienizar com água morna.

Não deixe seu bebê perto de pessoas doentes, pois o sistema imunológico da criança ainda é muito indefeso e qualquer enfermidade pode influenciar na saúde do bebê.

Quaisquer sinais diferentes ou que ponham em dúvida a saúde do bebê procure imediatamente um médico.

Voltar para Blog