Verrugas

21/02/2018
Verrugas

Verrugas são sinais que aparecem na pele, causados pelo papilomavírus humano (mais conhecido como HPV). Podem aparecer em várias partes do corpo, como rosto, pescoço, mãos, pés e órgãos genitais. Para facilitar o entendimento separamos os tipos de verrugas que mais chamam atenção:

Tipos de verrugas

Plantar: surgem na planta do pé e possuem crescimento interno. A maioria causa dor ao pisar.

Genital: são macias e úmidas, normalmente apresentam a coloração esbranquiçada.

Periungueal: se formam ao redor das unhas.

Filiforme: surgem na face e no pescoço. Mais comum em pessoas idosas, visualmente parecem projeções de dedos.

Vulgar: normalmente aparecem nos dedos, parte de cima das mãos, braços e pernas, lembrando um inchaço de pele rugosa.

Tratamento

É possível remover e tratar clinicamente as verrugas com dermatologista qualificado para remoção. Algumas das opções são:

- Ácido salicílico + Ácido lático: uso domiciliar, sendo aplicado todos os dias. Promove descamação lenta até a cura. Tempo de tratamento prolongado

- Ácido Tricloroacético: aplicação de 15 em 15 dias feitas em consultório médico. Normalmente 8 a 10 sessões são necessárias

- Crioterapia: congelamento por nitrogênio líquido. Doloroso, mas o mais efetivo. Indicado de 3 a 5 sessões com intervalos mensais

- Eletrocirurgia: queima-se a verruga, mas promove muita recidiva (reaparecimento)

Orientação

Como é possível a contaminação pelo toque ou durante o ato sexual desprotegido, a verruga deve ser tratada o quanto antes e protegida para que outros indivíduos não tenham contato com o vírus, em especial, nas peles traumatizadas.

Eficácia no tratamento

O tratamento domiciliar com os ácidos recomendados pelo seu dermatologista deve ser associado ao tratamento no consultório dermatológico através dos procedimentos médicos. A taxa de recidiva é frequente mesmo após melhora aparente da lesão. Apesar dos números de sessões mencionadas acima ser uma sugestão, a resposta do hospedeiro e a infectividade viral podem exigir tempo de tratamento mais demorado.

Voltar para Blog