Relação entre acne e dieta

14/03/2018
Relação entre acne e dieta

Muito se fala sobre a relação entre acne e a dieta, mas até que ponto isso é verdade ou um mito? Por muitos anos foi dito que não havia evidências científicas, mas pesquisas recentes estão nos provando ao contrário. Infelizmente, a maioria dos trabalhos ainda necessitam de um maior número de participantes para aumentar a credibilidade do estudo. Devemos lembrar, no entanto, que esta patologia é muitíssimo conhecida e, portanto, muito da nossa experiência clínica deve ser levada em consideração.

Dentre as crenças está que o aumento nos níveis de açúcares no sangue aumenta o surgimento da acne. Em 2007, um estudo com 23 australianos demonstrou o impacto de uma dieta com baixo teor glicêmico e a melhora da condição. O problema deste estudo é que a melhora do peso também pode ser o fator de melhora, não devendo ser levado em conta apenas a alteração na dieta destes pacientes. Por conta disto, em 2012 um novo estudo foi feito com um grupo de 32 pessoas em que não se teve alteração da circunferência abdominal. Neste grupo também houve uma melhora da acne com a dieta com pouco açúcar.

Diversos trabalhos estão relatando uma melhora desta comorbidade ao se retirar o leite da dieta. Não só o leite integral, mas qualquer tipo de leite. Pesquisas com 47.355 pessoas chegaram a esta conclusão, com um estudo retrospectivo em que se avaliava a acne e a merenda escolar. Outros estudos prospectivos também confirmaram este resultado. O curioso foi que em nenhum momento a doença estava associada ao queijo e ao iogurte (pelo menos de acordo com os estudos).

Outra afirmação que vem sendo bastante discutida é em relação ao uso de antioxidantes, como o zinco oral, probióticos e óleo de peixe, para diminuir o surgimento da acne. No entanto, as evidências médicas estudadas ainda não foram suficientes para exaltar esta informação como real.

Voltar para Blog