MENOS OLHEIRAS NO FINAL DO ANO

12/12/2018

A exaustão do ano, as confraternizações de fim de ano, tudo isso dá aquele aspecto de cansaço na região dos olhos. Nós sabemos o quanto incomoda ter olheiras dando aquela sensação de envelhecimento. Afinal, o que muitos consideram olheiras pode ser na realidade uma flacidez ou uma hiperpigmentação. Você sabia?

Costuma-se dizer que os olhos são a janela para alma. E se esta janela não estiver muito bem torneada? Se seus olhos estiverem com aspecto de cansaço? Será que isto se reflete na alma? Vamos deixar estas reflexões à parte. Então, cito alguns problemas mais comuns encontrados nesta região, e o que devemos fazer para melhora-los.

Flacidez periocular - provocada pela perda de elasticidade da musculatura e perda de colágeno da pele abaixo dos olhos. Promovem diversas ruguinhas neste local. Um bom tratamento seria a estimulação de colágeno com laser de erbium fracionado Fotona. Ele deve ser feito em etapas mensais, de 2 a 5 sessões. Promove uma leve vermelhidão e descamação no pós-laser, e detalhe, não afetam as atividades diárias.

Bolsas embaixo dos olhos - seria um grau mais avançado de flacidez, o suficiente para que o músculo não consiga mais tracionar a gordura localizada por debaixo dele. Com isto, ela promove uma extrusão sobre pele ao seu redor e causa uma aparência de extremo cansaço e envelhecimento. Além das sessões do laser Fotona, o uso de preenchimento de ácido hialurônico permite corrigir o desnível entre a gordura e o restante da pele.

Recesso profundo no caminho da lágrima - muito comum em pacientes em que a cavidade ocular ou “abertura”(tecnicamente conhecido como forame) é muito grande para o globo ocular. Ou seja, os olhos são muito pequenos em proporção ao forame. A correção pode ser feita com preenchedores de ácido hialurônico ou com hidratantes injetáveis. Preste atenção, que apenas corrigir o caminho da lágrima com os preenchedores pode não ser suficiente. Em alguns casos, devemos também corrigir as regiões do contorno malar (ou seja, as bochechas) para dar sustentação ao preenchimento das olheiras.

Círculos escuros no contorno dos olhos - desencadeados por diversas causas como: origem genética, rinites alérgicas de repetição, noites mal dormidas, dermatite de contato recorrente e outros fatores. Os vasos infraorbitários sofrem constrição gerando um extravasamento de hemácias para o espaço intracelular. A decomposição das hemácias produz um pigmento ferroso conhecido com hemosiderina. A origem genética é vista em famílias que já nascem com excesso de melanina nestes locais (pigmentação escurecida da pele). Os tratamentos para clareamento consistem em peeling com agentes clareadores ou o uso de luz pulsada. Deve ser feito por profissionais treinados porque pode haver piora do pigmento se não for bem feito.

Detalhamos aqui diferentes tipos de olheiras e tratamentos acessíveis para controlá-las. Citamos tratamentos indicados para aquelas pessoas que não desejam fazer cirurgia neste local e buscam uma solução segura, efetiva e de recuperação rápida e, que caiba no bolso.

Voltar para Blog