ESTUDO MOSTRA QUE CONSUMO DE REFRIGERANTE AUMENTA ACNE EM ADOLESCENTES

24/01/2019

Estudo chinês, realizado no ano passado, com 8197 estudantes universitários submetidos a exames de saúde e análise dermatológica, teve como objetivo verificar a associação entre o consumo refrigerante (açúcar) e a prevalência de acne em adolescentes.

Os autores concluíram que o consumo diário de refrigerantes, chás adoçados, e bebidas com sabor de fruta, em quantidades de 100g de açúcar/dia, aumenta significativamente o risco de acne moderada a severa em adolescentes.

Os estudantes responderam os questionários indicando a frequência de consumo das bebidas. Sete vezes por semana de produtos como refrigerantes (aOR 1,61, IC95% 0,96-2,72), bebidas à base de chá adoçadas (aOR 2,52, IC95% 1,43-4,43) e bebidas com sabor de frutas (aOR 1,90, IC95% 1,18-3,07) foi associado a acne moderada a severa.

Foi detectada também a associação não-linear entre o consumo de açúcar dos refrigerantes e acne e a associação significativa entre o consumo maior de 100g açúcar/dia e acne moderada a severa (aOR 3,12, CI95% 1,80-5,41).

Acne é uma condição de pele que ocorre quando os folículos capilares são obstruídos por óleo e células mortas da pele. Os hormônios sexuais, que começam a ser produzidos na puberdade, são os principais responsáveis pelas alterações das características da pele, assim como pelo surgimento da acne.

Certos medicamentos como corticoides, vitaminas do complexo B, exposição exagerada ao sol, contato com óleos, graxas ou produtos gordurosos, e, principalmente, o hábito de mexer nas lesões (“espremer cravos e espinhas”) pioram o quadro. É importante destacar que a acne não é contagiosa!

Voltar para Blog