SLIME

27/05/2019

A febre do slime contagiou a garotada do mundo todo. Slime é aquela “geleca” caseira que utiliza água boricada, cola branca e bicarbonato de sódio, xampu, creme de barbear e sabão em pó. Mas devemos tomar cuidado com os exageros.

Na semana passada viralizou na internet uma história de envenenamento por bórax, porém ainda não sei a veracidade do fato. O importante é que o bórax é a matéria prima de alguns produtos de limpeza como sabão em pó, insetisidas e outros produtos. Por possuir um alcalino muito forte, o bórax pode lesar a camada de gordura protetora da pele, causando lesões de pele como eczemas e dermatites de contato. Além disso, a manipulação em excesso com o bórax ou em grandes quantidades, independente de ser ou não ingerido, pode causar problemas gástricos como cólicas, nauseas, vômitos e diarréia.

Não quer dizer que toda criança que mexa com slime caseiro vá ter problema. Algumas crianças são mais sensíveis a ter reações alérgicas. Mas uma forma de resolver o assunto e proteger os pequenos é sempre recomendar lavar as mãos após a manipulação. O uso de slime industrializado já é livre do bórax e contem o selo do inmetro, sendo bem mais seguro que as receitas caseiras. Portanto, vamos todos ficar atentos!

Voltar para Blog
Whatsapp Clique para entrar em contato