Técnica evolui e promete lifting imediato

15/10/2014
Técnica evolui e promete lifting imediato

Rejuvenescer e reverter a flacidez do rosto e do pescoço é o desejo de muitas pessoas, especialmente mulheres. Quando os resultados são rápidos, visíveis e duradouros é ainda melhor. E é isso que o Sutura Silhouette, lançado há seis meses no Brasil, promove.

O método utiliza fios de sustentação na face e no pescoço com o objetivo de tracionar e levantar a pele destas regiões, sem precisar passar pelos inconvenientes de uma cirurgia, evitando cortes, sangramentos, inchaços e recuperação prolongada. A técnica do fio de sustentação já existe há anos, com a utilização de fio de ouro e posteriormente do fio russo. O diferencial do Sutura Silhouette em relação aos outros fios é a sua constituição de ácido polilático, um material que é eliminado pelo organismo em dois anos.

O ácido polilático já é muito conhecido na medicina pelo seu poder de absorção e por produzir uma reação inflamatória que promove a estimulação de colágeno, garantindo resultados muito naturais. O fio de sustentação desse material proporciona ainda efeito imediato.

Apesar de muitas vantagens, o Sutura Silhouette possui alguns inconvenientes, como hematomas, inchaços leves, vermelhidão e um excesso de pele que se mantém nos primeiros dias. Recomenda-se repouso na região tratada, sem o uso de cremes e maquiagens por um tempo.

Voltar para Blog
Whatsapp Clique para entrar em contato