Congresso Brasileiro de Dermatologia aborda os bioestimuladores de colágeno

11/09/2019

Hoje inicia o 74º Congresso Brasileiro de Dermatologia com a proposta de renovar, inovar e resgatar o que há de mais moderno nos tratamentos dermatológicos. Fui convidada para coordenar a sessão dos bioestimuladores injetáveis de colágeno para o rosto e corpo. Conhecidos como ácido poli-l-láctico ou hidroxiapatia de cálcio e, mais recentemente, a policaprolactona que estão no mercado oferecendo bons resultados.

Sabemos que ao longo da vida o excesso de sol, o tabaco, a poluição e o estresse são fatores que contribuem para a queda do colágeno, que é produzido naturalmente pelo nosso corpo. A produção do colágeno começa a cair a partir dos 35 anos. Para resgatar o estimulo das fibras e atenuar a flacidez recomendo a aplicação injetável dos bioestimuladores na pele. Pode ser o ácido poli-l-láctico (conhecido como Sculptra®) que consiste em um pó diluído em água destilada e atua como um bioestimulador e não preenchedor.

Outra boa opção é a hidroxiapatia de cálcio (nome comercial Radiesse®) que oferece uma dupla ação, promovendo um lift imediato e um efeito tardio de estímulo de colágeno provocado pelas moléculas de cálcio e fosfato.

A novidade mais recente é o bioestimulador a Policaprolactona ( Ellanse®) que promove o volume na região e um efeito variável de duração do produto de acordo com os diferentes tempos de bioestimulação. O médico pode escolher junto com a paciente o tempo de duração do tratamento, já que as apresentações variam de sigla e duração como: S- 1 ano de duração, M – 2 anos de duração, L – 3 anos de duração e G – 4 anos de duração.

Bom, imagino que isso tenha ficado muito técnico para as minhas leitoras. Para simplificar e esclarecer ambas são substâncias injetáveis, geralmente, em pequenas quantidades, com uma agulha muito fina ou microcanula que permitem um aumento no seu estoque de colágeno para ajudar numa aparência mais jovem durante o processo de envelhecimento. Desta forma, aperfeiçoa o contorno, dá alívio as
pequenas rugas, e por fim melhora o viço da pele. Espero que tenha gostado, o próximo tema que irei abordar no Congresso será sobre rejuvenescimento de colo e pescoço. Aguardem!

Voltar para Blog
Whatsapp Clique para entrar em contato