VITAMINAS PARA OS CABELOS

08/09/2021
VITAMINAS PARA OS CABELOS

SAIBA QUAIS SUPLEMENTOS TRATAM QUEDA E FALTA DE CRESCIMENTO

Cabelos cheios e sedosos são sinônimo de saúde e nutrição adequada. Afinal, as células do folículo piloso precisam de um bom suprimento de nutrientes e de energia para manter a vitalidade dos fios. Não à toa eles são afetados em situações de estresse, dietas restritivas, pós-operatórios e infecções, como a por COVID-19.

“Quando passamos por situações assim, o aporte de nutrientes é destinado aos órgãos vitais, como o coração, os rins e o fígado. Como os cabelos são considerados “não essenciais”, serão menos favorecidos por esses suprimentos. O resultado vai ser o crescimento prejudicado e até a queda dos fios”, explica Gabriella Albuquerque, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Segundo a médica, é importante seguir uma dieta rica em macronutrientes, como carboidratos, proteínas e lipídeos, e também em micronutrientes, a exemplo das vitaminas e minerais. No entanto, em muitas situações, há necessidade de se complementar a alimentação com suplementos vitamínicos específicos para o couro cabeludo. Abaixo, a dermatologista lista os mais indicados para os cabelos e ressalta que só devem ser tomados com orientação médica.

VITAMINA A- Ativa as células-tronco do folículo piloso a induzir o crescimento. Mas pode causar a perda de cabelo se ingerida em excesso.

COMPLEXO DE VITAMINAS B- Embora estudos científicos não comprovem o crescimento dos fios com vitaminas do complexo B, a deficiência delas leva à queda. Por usa vez, a vitamina B5, conhecida como ácido pantotênico, tem sido associada à prevenção de cabelos grisalhos.

VITAMINA C- Atua nas fibras de queratina dos fios. Sua deficiência faz com que os cabelos cresçam mais enrolados. Principalmente, os do corpo.

VITAMINA E – Segundo um estudo com 21 voluntários, o grupo que recebeu suplementação de vitamina E teve um aumento no número de fios em relação ao grupo placebo.

FERRO- Sua deficiência leva à anemia e à queda de cabelo.

MAGNÉSIO- A suplementação com este mineral pode diminuir o acúmulo de metais tóxicos na haste capilar.

ZINCO- A alopecia, condição em que ocorre uma repentina perda de cabelo do couro cabeludo ou de qualquer outra região do corpo, é um sinal bem conhecido da deficiência de zinco. A suplementação com este mineral está associada ao recrescimento dos fios.

Voltar para Blog
Whatsapp Clique para entrar em contato