LIFTING NÃO CIRÚRGICO

10/01/2022
LIFTING NÃO CIRÚRGICO

ENTENDA POR QUÊ O PROCEDIMENTO SE TORNOU HIT

Com o envelhecimento, além da perda de estruturas faciais, como os osso, os músculos e os tecidos de gordura, os ligamentos da musculatura e a pele também ficam mais frouxos. Este processo causa uma flacidez no rosto, chamada de ptose.

Segundo a dermatologista Gabriella Albuquerque, por muito tempo, a ptose era tratada apenas com cirurgia facial. No entanto, o medo de uma anestesia geral necessária em muitas operações juntamente com a evolução de novos recursos, impulsionaram bastante a procura por procedimentos minimamente invasivos.

“Entre eles os fios de sustentação estão no topo da lista dos que mais fazem sucesso.
Isso por conseguirem reposicionar as estruturas faciais e melhorarem o contorno da mandíbula, de forma rápida, e sem a necessidade de cirurgia e internação. Não à toa os procedimentos executados com os fios ganharam o apelido de lifting não-cirúrgico”, explica a médica credenciada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Voltar para Blog
Whatsapp Clique para entrar em contato